Blog Esalqueanos

Zilmar (José Vicente Caixeta Filho)

11/01/2024 - Por josé vicente caixeta filho
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

457 views 8 Gostei 0 Não gostei

Confesso que foi inusitado o convite que recebi do Prof. Zilmar, esposa e filhos para proferir algumas palavras neste momento. Me sinto muito honrado.

Qualidades não faltam ao Prof. Zilmar, um verdadeiro "A" encarnado e devoto da nossa "Gloriosa".

Contador de causos, sempre amigo e à disposição para praticar o bem.

Zilmar, acima de tudo, é um músico invejável. Dentre outras, compôs letra e música do Hino da ESALQ.

Explorando esse aspecto musical, tomo a liberdade de emprestar algumas das reflexões da cultura oriental, que relembra que o corpo carnal é uma música executada pelas cordas mentais. A rigor, a Vida é que manifesta o corpo carnal segundo o gênero da música executada pelas cordas mentais. Tanto o corpo físico, como o espiritual, nada mais são que projeções da mente. Conforme o gênero da música mental, manifesta-se ora o corpo físico, ora o espiritual. Todo ser humano perderá algum dia o corpo físico, mas isso não significa morte. Ocorrendo uma grande mudança no ritmo da música mental, essa existência transitória se manifesta num outro mundo; e o corpo físico, que era a manifestação do ritmo mental de até então, rapidamente se desintegra. A isto os homens chamam de morte, mas a Vida não morre. Isto equivale ao término de uma música executada pela Vida, que então passa para uma outra execução musical. Por mais correto que seja o ritmo da música mental, a Vida deverá obrigatoriamente encerrar a execução. Não se deve ficar triste por se estar em vias de terminar essa execução musical. Isso acontece para fins de execução de uma nova música, mais elevada. Mesmo que finde a interpretação musical, o executante não morre porque ele, sendo filho de Deus, é imortal. 


A água, o sol e a terra

Existem com própria beleza.

As plantas, silentes e sempre,

sustêm o equilíbrio

dos ciclos da natureza.

Plantar, criar e conservar

A ESALQ existe p'ra ensinar;

Cumprindo missão vitoriosa.

Vem inspirar deusa Ceres,

os filhos da Gloriosa

que partem pelo Brasil,

a propalar de norte a sul,

cumprindo missão vitoriosa.

Plantar, criar e conservar

A ESALQ existe p'ra ensinar,

Cumprindo missão vitoriosa.


Temos certeza que a música composta e cantada por Zilmar será sempre inesquecível e imortal.


José Vicente Caixeta Filho

PUBLIQUE NO BLOG!