Blog Esalqueanos

Vem ai o novo estatuto da ADEALQ!

16/12/2020 - Por manoel elpidio pereira de queiroz
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

1303 views 7 Gostei 0 Não gostei

Qualquer instituição, seja ela pública ou privada, para garantir seu bom funcionamento e sua perenidade, precisa de um conjunto de regras básicas que garantam direitos e deveres de todos aqueles que com ela estão envolvidos. Essas regras não se limitam hoje em dia em atender apenas os seus membros internos, mas sim a todos àqueles que com quem ela se relaciona, o que se convencionou chamar por ai de "stakeholders". O mundo, a sociedade e as instituições estão sempre em constante evolução, isso faz com que, de tempos em tempos, essas regras precisem ser atualizadas para melhor refletir essas mudanças.

A ADEALQ não foge à essa regra e especialmente nos últimos anos sofreu rápida transformação, saindo de uma organização cuja a única responsabilidade era realizar uma festa anual, para uma associação com finalidades muito mais abrangentes. Em função disso, a Diretoria Executiva e o Conselho Consultivo da nossa associação entenderam ser necessária uma nova alteração do nosso estatuto.

No  início de 2020, foi criado um grupo de trabalho para revisar e propor uma nova redação ao Estatuto atual (aprovado em 2017). Esse grupo foi composto pelos ex-alunos:  André Dias (RG - F90), Antony H. M. Sewell (Cancro - F82), Claudio Tomazela (Polegar - F81),  Paulo Groke Jr  (Grogue - F82), Thais Helena Rocha e Silva (Apalusa - F98), além de mim (Sujo - F84). Os trabalhos tiveram início no mês de março (em reunião ainda presencial) e seguiram por vários meses através de reuniões virtuais. Em 31/10/2020, a proposta final foi apresentada ao Conselho Consultivo, que deu seu parecer favorável à sua redação e conteúdo. A diversidade, bem como a experiência do grupo de trabalho foi fundamental para a construção de um texto robusto, moderno e em total conformidade com a legislação vigente. Note-se que esse grupo, além de contar com a experiência do atual Presidente Executivo (RG) e do anterior (Cancro), teve também a contribuição fundamental da Apalusa, que além de agrônoma é advogada e como tal nos orientou sobre todas as questões legais, além de se responsabilizar pela adequada redação. É importante também mencionar, que antes de ser submetida ao Conselho Consultivo, a minuta do novo estatuto foi submetida a outros 2 advogados para conferência e eventuais sugestões.  

No novo estatuto, os objetivos da associação foram ampliados e sua redação foi atualizada. A figura do sócio mantenedor foi oficialmente instituída e houve adequação das demais categorias de associados com clara definição dos direitos e deveres dos membros pertencentes a cada uma delas. A composição e as atribuições dos órgãos de administração (Diretoria, Conselho Consultivo, Conselho Fiscal, AGO e AGE) foram melhor definidas e regulamentadas. Não menos importante é a criação do fundo de reserva, incorporando e mais que dobrando o volume de recursos do antigo fundo emergencial, que havia sido criado na primeira campanha de sócios apoiadores.

O próximo passo agora é aprovar o novo estatuto na Assembleia Geral Extraordinária, convocada para dia 21/12, cujo edital de convocação está disponível no site da ADEALQ: https://www.adealq.com.br/App_Uploads/Public/cartas/assembleia-extraordinaria-edital-convocacao.pdf . Leia também o arquivo comparando o texto dos dois estatutos (atual e proposto): https://www.adealq.com.br/App_Uploads/Public/cartas/assembleia-extraordinaria-novo-estatuto-comparacao.pdf

Participe!

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES