Blog Esalqueanos

Vale Tudo, ou quase!!! (Pikolé; F85)

19/05/2018 - Por alcides seiji yano
999 views 1 Gostei 0 Não gostei
dois sois.jpeg
Finalmente aquele grupo de agricolões cinquentões entrou na era da informática, o grupo que ainda trocava informações via e-mail e era avesso a redes sociais, finalmente se conectava ao maravilhoso mundo digital, aos poucos foram todos sendo agregados ao grupo de WhatsApp!

Deslumbrados com a nova ferramenta, a troca de mensagens aproximou colegas que há muito tempo não se viam, alguns desde o tempo da faculdade, ou seja, mais de 30 anos atrás!! Porém passada a euforia inicial, descobrimos que todos mudamos, alguns foram para a direita, outros para a esquerda, uns defensores dos animais, outros dos vegetais, uns radicalmente orgânicos, outros transgênicos até o último fio de cabelo. Alguns turrões e casca grossa, outros mais sensíveis. Assim surgiram alguns descontentamentos. Resolveu-se então criar 02 grupos, 01 onde seriam tratados os eventos, encontros de turma e temas mais amenos e no outro seria o Grupo Vale Tudo, onde se poderia discutir qualquer assunto, desde física quântica até o sexo dos anjos!!

E assim, seguimos em frente!! Combinou-se que seria como nos velhos tempos da faculdade, em que toda discussão acabava em risadas no Bar do Cridão, ou em uma sinuca no CALQ!! E assim o WhatsApp, rolava a mil!! Piadas de qualquer tipo, até mensagens religiosas repassadas pelo Buda, recém convertido ao catolicismo, petistas, Bolsonetes, direita, esquerda, feministas, machistas, etc... Até que em um domingo de manhã, um agricolão oriental, que sempre como bom sansei só observava, enviou uma foto muito bonita, de um fenômeno climático ao entardecer que trazia a lua iluminada pelo sol, fazendo com que tivéssemos a impressão de que tínhamos 02 sóis. Para preservar a identidade, vamos chama-lo de Mitsubishi. Pois então, o Mitsubishi na melhor das intenções postou a foto ás 8 horas da manhã, e o que se seguiu foi uma chuva de comentários sobre a foto.

As XXs da F85 diziam que a foto era linda e muito romântica.

Alguns diziam que tinha sido tirada pelo Ktuaba no Canadá, outros diziam que tinha sido o Neto em suas caçadas de urso, ou o Pikolé no Rio Grande do Sul, talvez fosse no entardecer no Rio Piracicaba em foto tirada pela Nise. O WhatsApp não parava de emitir aquele seu som característico, Pi, pi, pi ,piii.

Até que o Asma, com sua objetividade característica acabou com a discussão, decepcionou todo mundo, dizendo que aquilo era uma balela, era Fake News, que a foto era do filme Star Wars!!
Nisso aconteceu o imprevisível!! Um colega (para preservar a identidade, vamos chama-lo de Ricinus comunnis, casado com a colega Boreal (nome também fictício) que nunca ninguém
havia visto bravo no tempo de faculdade, o exemplo de tranquilidade e bom senso, se manifestou:

- Onde é que já se viu, em plena manhã de domingo, esse pessoal espalhando Fake News!!

Que em protesto se retiraria do grupo. Ninguém entendeu nada. O pobre do Mitsubishi que inocentemente havia postado a foto, entendeu menos ainda!

Começaram a surgir as mais estapafúrdias teorias, o Zelão dizia que era treta do tempo da escola, porque um não passou cola ao outro, a Delinha que provavelmente o pipipi do WhatsApp interrompeu o sono! O Asma que provavelmente atrapalhou a concentração em um momento crítico do cumprimento do dever marital, e defendeu o colega dizendo que qualquer um na nossa idade também se irritaria com o WhatsApp fazendo pipipi. E por último a versão mais aceita de que a esposa do Ricinus Comunnis , a Boreal também agricolona da F85, havia dado um ultimato para que ele saísse do WhatsApp!!

- Ou eu ou esse grupo do WhatsApp!!

No frigir dos ovos, ninguém descobriu o que aconteceu!! Só sei que nem o Mitsubishi, nem o Ricinus comunnis não postaram mais nenhuma mensagem.

E assim seguiu o Grupo Vale Tudo da F85, entre postagens de correntes religiosas do Buda, receitas da Vovó Kátia, até uma sequência de fotos do Wick e do Pardal do melhor jeito de segurar a cobra, o trauma do Danone com leite e etc.

Até que um dia, o Arara convocou o grupo para um churrasco em sua chácara em Piracicaba. Nesse dia, finalmente se encontrariam o Mitsubishi e o Ricinus comunnis. O grupo do WhatsApp se dividiu em 02, o primeiro curioso esperando que finalmente se esclarecia o mistério dos 02 sóis e o segundo encabeçado pelo Zelão que pediu a todo mundo para que evitassem tocar no assunto, evitar colocar mais lenha na fogueira. Pensaram até em chamar o Bugiu e o Tamarana, 02 colegas dos mais calmos para mediar a reunião, que felizmente ou infelizmente não foram à festa.

A situação estava tão tensa que até a Candida, figura carimbada em festas na ESALQ, não participou da festa. Por fim chegou o grande dia!! Um churrasco comandado pelo Prego, churrasqueiro de mão cheia, carne cuidadosamente selecionada pela Nise, docinhos trazidos pela Vovó Kátia. A festa foi tão boa que a Fufa chegando em Curitiba foi direto ao hospital, a Vovó Kátia foi vista pela última vez fugindo com a garrafa de pinga mineira que o Prego havia levado, o Reko depois de 03 dias ainda não havia chegado em Suzano!

Fotos foram postadas no Facebook e no Whatzapp. Realmente a festa foi memorável!!

Mas a pergunta que não queria calar! Afinal de contas, foi esclarecida a polemica dos 02 sóis?

Assim a primeira coisa que fiz na segunda feira foi perguntar no grupo do WhatsApp:

- E então, o que é que causou o mal entendido dos 02 sóis?
A resposta foi curta e grossa:

- Pikolé, se você queria tanto saber, porque não foi na festa?

Como dizem aqui no RS, me caiu os butiá do bolso!! Como quem pergunta o que quer ouve o que não quer, o melhor é ficar quieto!!! Kkkk Assim fiquei sem saber. De forma que na próxima vez que tiver festa eu vou!!
Se você, também não foi na festa e quer saber o que aconteceu naquele domingo de manhã, participe da próxima!!
E assim segue o Grupo Vale Tudo da F85.

Pode tudo, menos postar foto de 02 sóis!!

Alcides Seiji Yano (Pikolé; F85) é auditor Fiscal no RS e ex morador da República Benga Larga!

PUBLICIDADE
APOIADORES