Blog Esalqueanos

Uma Esalqueana no Prêmio Claudia 20 Anos (Broa F79)

30/09/2015 - Por sergio utimura
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

7270 views 0 Gostei 0 Não gostei
Alguma vez na sua vida você já passou fome? 

Não vale aquela fome que nos desperta de madrugada só para ver se há algo gostoso na geladeira, nem aquela que dá uma vontade de comer alguma coisa que não sabemos o que é e muito menos a fome que surge quando abrimos as portas dos armários, cheios de comida, e dizemos: "Não tem nada para comer?". 

Falo daquela sensação de estômago vazio há dias e noites, quando um pedaço de pão amanhecido é uma dádiva de Deus. 

Você imagina a dor de uma mãe, de um pai, que não conseguem dar o que comer para os filhos famintos? 

Você já parou para pensar no sofrimento das pessoas que habitam lugares em que uma fruta, às vezes já parcialmente estragada, é o seu único alimento naquele dia?

Gente desnutrida que é só pele e ossos devido à falta de comida?

A Mariângela Hungria é pesquisadora do Centro Nacional de Pesquisa da Soja da Embrapa, em Londrina-PR, e a maior especialista do nosso país em Fixação Biológica de Nitrogênio(FBN). 

Para se ter uma ideia da importância do seu trabalho basta compararmos as despesas com adubação química em 1(um) hectare de soja que seria de R$ 750,00(setecentos e cinquenta reais) e o investimento com a FBN que custaria de R$ 5,00(cinco reais). Além da redução nas emissões de carbono, pois na produção de adubos químicos há o consumo de petróleo a ser considerado(algo em torno de 52 milhões de toneladas de carbono por ano). Nos seus quase 30 anos de pesquisa a engenheira agrônoma, formada pela ESALQ-USP em 1979, contabiliza vinte novas tecnologias em FBN e mais de uma centena e meia de estudos nas regiões produtoras de soja do Brasil, além de passar seu conhecimento para pesquisadores e produtores de outros países como consultora da Fundação Bill e Melinda Gates.
Broa.JPG

O combate à desnutrição e o desenvolvimento da cultura da soja em países africanos são as benéficas mudanças que a Mariângela tem realizado no exterior. Quer conhecê-la melhor? 


Tenho certeza que se emocionará com o trabalho de pesquisa da minha amiga e colega de turma.

Sergio Utimura (Broa F79)  Engenheiro Agrônomo Ex Mourante da Republica Gato Preto
PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES