Blog Esalqueanos

Sorte ? (Pinduca F68)

04/09/2015 - Por marcio joão scaléa
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

2849 views 0 Gostei 0 Não gostei


Véspera de vestibular, república emprestada, primeira viagem que o Adolescente fazia sem a família, com autorização do Juizado de Menores pois ainda não tinha dezoito anos. A única referência era o Amigo 1. A presença estranha era do outro vestibulando, que logo se tornaria o Amigo 2.A imponência da Escola, os gramados, as matas, as refeições no restaurante universitário, horizontes que se abriam.

 

Dia de vestibular, primeira prova, de física. Noite tensa, cama estranha, estranha sensação de liberdade e ao mesmo tempo de opressão. Madrugada, todos já de pé, tentando recordar as últimas fórmulas, um escovando os dentes e os outros fuçando nos livros e apostilas.

 

Cabelo penteado, caneta no bolso, cartão de identificação na mão, saíram os três companheiros para a rua, balbuciando um "a sorte está lançada", enquanto avaliavam o tempo, encoberto para chuva. Da rua, uma olhada para trás, a ver a casa, vontade louca de ficar e esquecer o frio na barriga, vestibular, faculdade, carreira, vida. Mas a visão foi um balde de gelo, todos viram, ninguém comentou, engoliram em seco e seguiram o caminho da Escola, Av. Independência abaixo, com a certeza de que a sorte estava realmente lançada.

 

Havia três urubus pousados exatamente no telhado da casinha onde funcionava a república emprestada.


Marcio Joao Scaléa (Pinduca F68) é Engenheiro Agrônomo ex morador da Republica Mosteiro

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES