Blog Esalqueanos

Recordações Agronômicas 2 (Trani F74)

08/06/2016 - Por paulo espíndola trani
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

7124 views 0 Gostei 0 Não gostei

O Professor Luiz G. E. Lordello, uma referência mundial  no estudo de nematóides, era também um excelente Professor que transmitia a todos, além de seu notável conhecimento, o carinho pela Zoologia, sendo o Titular da Equipe que ministrava a disciplina Zoologia Geral, no primeiro semestre de 1971. Lembro-me da primeira prova, onde, além das questões sobre assuntos das aulas anteriores, os alunos foram supreendidos com duas questões práticas. A primeira pergunta,  a maioria acertou. 

Era a seguinte: Porque determinadas espécies de mato (plantas daninhas), apareciam em hortas sem que ocorressem em outras hortas ou lavouras próximas?

A resposta  cuidadosamente apresentada pelo paciente e didático Lordello, era que os passarinhos se serviam de sementes e após passar pelos próprios intestinos, até favorecendo a retirada da mucilagem , estas eram depositadas pelas fezes em novos locais, muitas vezes bem distantes do local de origem. Os pássaros voam mais longe do que pensava muita gente , assim enfatizava o Mestre Lordello.

Quanto à segunda questão, acredito que ninguém acertou a resposta. Era a seguinte: qual seria a explicação para a "lenda" que existia em muitas regiões do ESP e do Brasil,  onde se acreditava (e ainda se acredita!) que as cobras "hipnotizam os pássaros", antes de devorá-los! O caboclo argumentava que havia observado pássaro avançar sobre uma cobra que estavam em galho  da árvore. O Professor Lordello, meio que se divertindo com os olhares surpresos de colegas esclareceu que os pássaros fêmeas, estavam em fase de chocar ovos em ninhos bem escondidos aos olhos das pessoas.   Aí as "passarinhas" no instinto de preservação da espécie, além do amor materno  e na defesa dos  ovos ou crias, avançavam sobre a cobra. Além disso, a cobra por não possuir pálpebras dá a impressão de possuir um "poder hipnotizante"! 

O Professor Lordello mostrou a importância em se aliar a prática com a ciência, para a futura formação de bons profissionais da Agronomia.

Paulo E. Trani (Trani F74) Eng. Agronomo, Graduado e Pós Graduado na ESALQ, Ex-morador da Casa do Estudante (CEU) é Pesquisador do IAC

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES