Blog Esalqueanos

Os Gansos da Pesquisa (Drepo F70)

03/10/2015 - Por eduardo pires castanho filho
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

2699 views 0 Gostei 0 Não gostei

prednisolon og alkohol

prednisolon kur read here

Um dos episódios mais marcantes da turma da A-70 foi a interferência, até certo ponto sem saber, nas pesquisas com gansos da Cadeira de Zootecnia.

No último ano o que não faltavam eram festas em repúblicas, no final das quais surgiam ideias extravagantes, para dizer o mínimo. Numa dessas algum colega falou que seria interessante que numa próxima festa fosse feita uma “gansada”, porque galinhada e cabritada estavam muito comuns. Mas, aonde arranjar a matéria prima?

Lembraram que havia uma criação que dava para a avenida do CeNA e que era possível pular a cerca e chegar no lar dos anatídeos. Não deviam ser os “sinaleiros” que, dizem, são ótimos guardas e ao menor sinal de invasão de seu local dão alarme e atacam o intruso. Assim, a primeira tentativa foi coberta de êxito e os participantes propagandearam o feito, tendo o ganso sido assado numa prestigiosa padaria da cidade.

No furor daqueles tempos, outras equipes se aventuraram, porém com resultados desastrosos. Os ditos animais, não se sabia, eram produtos de pesquisa e o sumiço deles poderia comprometer os resultados das mesmas e, talvez seja por isso que o País não tem uma “gansicultura” pujante. O fato é que essa segunda incursão foi surpreendida e levada à presença do diretor da Escola, quase se configurando sansões mais severas.

As “comidaiadas” passaram a ser feitas da forma tradicional, sem interferir mais nas pesquisas.

Eduardo Pires Castanho Filho (Drepo F70) Engenheiro Agrônomo, Ex morador da Republica do Pau Doce

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES