Blog Esalqueanos

Os apelidos dos Professores da ESALQ... (Trani F74)

24/05/2016 - Por paulo espíndola trani
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

6830 views 1 Gostei 1 Não gostei
Assim como os "bixos"eram batizados, alguns pelo resto da vida agronômica, os Professores da ESALQ também possuíam seus apelidos, dos tempos da "Escola Agrícola" ou inventados pelos novos alunos. 

Lembro-me de apelidos bem "pitorescos", como dos Professores da Engenharia Rural e Mecanização Agrícola. 

Tínhamos o Flechinha (Arthur), pois colocava na lousa vetores para todos os lados! O Odilon "Surdo" (Odilon Saad); o Log-Log (Nestor), o Mira Perdida (Guilherme da Topografia),  entre outros. 

O Professor Odilon, sempre atencioso e profundo conhecedor das tradições Esalqueanas, um dia deparou-se na ESALQ, bem de frente com o nosso estimado colega Padre (Joadir). Sempre calmo e educado, o Padre perguntou em alto e bom tom: e aí Professor Odilon, TUDO BEM? Ao que o mesmo imediatamente respondeu: É, A PROVA FICOU PARA O MÊS QUE VEM! Êle tentava adivinhar pelo eco, apesar do imenso aparelho no ouvido... Já o Log-Log era o Professor de Régua de Cálculo, didático mas um tanto teimoso ao "persistir" nessas aulas que pareciam superadas pela Tecnologia. 

O Log-Log insistia em "catequizar" os alunos: êle explicava que pelo conceito de régua de cálculo, a soma 2 + 2 era APROXIMADAMENTE 4 e não EXATAMENTE 4! O Professor Log Log se divertia com esta "tirada" dele e outras que começavam a incomodar os colegas que não percebiam a utilidade daquelas aulas.  Um dia o Professor Log-Log foi surpreendido, durante o intervalo de aula, pela observação apresentada de maneira oriental (bem educada) do nosso colega Hiroyoshi Ishihashi (o Samurai) que mostrou ao Mestre, uma calculadora de bolso, dizendo: "Professor veja: eu trouxe esta calculadora de bolso do Japão e lá está sendo bastante utilizada! O Professor Log-Log após ficar "vermelho como um pimentão" retrucou: ...mas isso custa "uma nota", tem que importar e vai levar no mínimo uns 10 anos para chegar no Brasil a preços acessíveis! Não foi bem assim: o Polese, nosso colega da T-ESALQ 76, (somente dois anos depois) disse-me que a Turma dele teve que encaminhar um abaixo assinado à Congregação pedindo a extinção das aulas de régua de cálculo, o que obviamente foi aceito. 

Boa parte dos Professores tinham seus apelidos ligados ao aspecto "visual" como o Depilado (Edmar Vasconcellos) e o Zé do Caixão (Wladimir Sampaio), antes disso conhecido como "Defuntão". Este, sério e sempre trajado com ternos escuros, assumiu o apelido com bom humor! Lembro-me também do Jacú (Ailton) da Zoologia, o Zé Coméia (Professor de Apicultura); o Chico Sementes (Francisco Ferraz de Toledo), o Arzolla "Bom de Bola"; e o Pisca Pisca (Ronaldo Ivan Silveira).

Destaco dois apelidos como os mais "pitorescos".  O primeiro é o "Paulinho FOI para a Europa" (Paulo Torres de Carvalho) ótimo Mestre da Microbiologia que era conhecido pelas Turmas anteriores como "Paulinho VAI para a Europa" (pelo jeito ele sempre mencionava a gloriosa viagem à Europa a qual deve ter marcado a sua Carreira Profissional). 

O segundo apelido a se destacar é o de um Professor de Elaiotecnia do Depto de Tecnologia de Alimentos. O Professor Roberto Fleury Novais, sujeito com uma enorme barriga (parecia  o Homer, personagem dos Simpsons)  ministrava as aulas com boa didática explicando sobre as gorduras saturadas e insaturadas. Êle dizia com o típico sotaque "nativo": Dizem que as "Golduras" fazem mal, mas isso não é verdade, eu "como Golduras" e estou muito bem de saúde (porém mostrando aquela pança cheia de pneus e anéis!) O filho dele, xará do Pai (Roberto Fleury Filho) de ótimo humor, formado uma Turma antes da nossa (ESALQ T-73), um dia tomou coragem e falou:

- Pai, o Senhor sabe qual é seu apelido na ESALQ?

- Não... respondeu surpreso o velho Fleury.

- É TROÇÃO!

De imediato o Professor exclamou:

- F...lhos da P...ta! 

O pior é que o Fleury Filho espalhou este episódio para todos os colegas já no dia seguinte!

Paulo E. Trani (Trani F74) Eng. Agronomo, Graduado e Pós Graduado na ESALQ, Ex-morador da Casa do Estudante (CEU) é Pesquisador do IAC.
PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES