Blog Esalqueanos

O caminho da liberdade (Reistarte - F 12)

30/05/2017 - Por raphael lovadine tristão
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

2966 views 0 Gostei 0 Não gostei

viagra diskuze

viagra cena na predpis adventureswithtravisandpresley.com

Umas das poucas certezas constantes na vida é que sempre encontraremos dificuldades e obstáculos no nosso caminho, e que faz parte do crescimento e fortalecimento nos empenharmos para superá-los. Entretanto, quando existe a persistência de certos obstáculos e dificuldades, mesmo quando lutamos e nos esforçamos ao máximo, continuam sempre ressurgindo, isso é um indicativo de que talvez o caminho escolhido não seja o caminho correto, e então devemos parar e tomar um rumo totalmente novo, uma outra direção.

O Brasil existe a mais de 500 anos, todavia, mesmo após todo esse enorme período de tempo, mazelas e flagelos como a miséria, corrupção, abandono, opressão e marginalização continuam sendo obstáculos diários na vida dos brasileiros.

Nós já fomos uma colônia, já fomos uma monarquia, já fomos uma republica aristocrata, já fomos uma republica populista, já fomos uma ditadura, hoje somos uma república mal-acabada de uma suposta justiça social. Em todos esses modelos e eventos, a perversidade da máquina estatal esteve presente para a espoliação da população, principalmente da parcela mais pobre, e a transferência de recursos para as classes e elites dominantes ao estado associados. Das elites dominantes portuguesas até as elites constituídas pelos campeões nacionais, todas se beneficiam de uma relação promíscua com o estado, que nada além de sua manutenção para existência mútua interessa.

Todos nós nascemos, vivemos e morremos escravizados pelo estado e seu sistema nefasto. Precisa-se de permissão para produzir, permissão para vender, permissão para ir e vir, permissão para consumir, permissão para ser o que você bem quiser. Não há liberdade, uma vez nascido você está preso a esse sistema, sem que isso seja de sua vontade. Você é um escravo.

Os fatos apresentados nos últimos anos no cenário da política nacional é um verdadeiro escarnio, um show de horrores pútrido, de um completo descolamento da realidade da população brasileira. O dinheiro retirado dos bolsos de pessoas que muitas e muitas vezes nem mesmo tem o que colocar na mesa para comer, sustentando e ostentando fortunas construídas sobre corrupção, banquetes palacianos para inflar barrigas gordas que buscam escapar das mãos da justiça, como se nenhum crime tivesse cometido. Merendas roubadas, educação roubadas, saúde roubadas, trabalhos roubados, liberdades roubadas, vidas tiradas, convertidas em deboches na cara dos juízes.

Precisamos de um novo caminho, de um novo rumo. O estado é uma instituição falida, e deve acabar, junto ao nefasto capitalismo de compadrio, inerente a esse sistema. Precisamos de um mergulho profundo na ética da liberdade, para que as pessoas sejam livres de verdade, tenham o total e absoluto controle de suas vidas, para que possam viver de forma que melhor entenderem, sem prejudicar que os demais também o possam fazê-lo. Que ninguém mais precise nascer, viver e morrer para sustentar deputado, senador e seus conchavos de compadrio. Que ninguém mais nasça escravo do estado e seu sistema nocivo.

Se existe a crença de que o homem possui o caráter falho, falha também é a crença de esses mesmos homens de caráter falho podem dizer o que os demais podem o não fazer de suas vidas, e ainda receber espólios por isso.

Se você tem medo de tudo o que um presidente pode fazer, é por que ele não deveria ter esse poder.

Aqui retorno ao primeiro texto de minha autoria postado nesse blog.  "Precisamos nos habituar às luzes da liberdade, mergulharmos na ética e romper com estado ceifador e opressor". As ações voluntárias de uma sociedade livre sempre serão melhores e mais eficientes do que as obrigações impostas por força de lei e policial de um estado o qual não escolhemos viver. Dentre todos os caminhos até aqui já traçados, a liberdade é o caminho inédito e mais promissor a ser seguido.

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES