Blog Esalqueanos

Isso é urgente ou importante? (Iskrépi; F11)

15/02/2023 - Por luciana okazaki
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

1935 views 4 Gostei 9 Não gostei

Se você não dá atenção ao que é importante na sua vida hoje, invariavelmente isso vai se tornar urgente depois. Guarde estra frase.

 

Ainda não temos o poder de nos multiplicar e dar atenção a várias coisas ao mesmo tempo. Até conseguimos executamos algumas atividades simultaneamente. Mas a atenção é uma só e ela não pode ser dividida.

 

Por isso, preste atenção onde você tem colocado a sua energia. Que coisas importantes você deixa de lado porque passa tempo demais apagando os incêndios das urgências?

 

Para entender melhor a diferença entre importância e urgência, vou te dar um exemplo:

 

Imagine que um dia você chega em casa e vê água no chão do seu banheiro. Você imediatamente pega um pano e seca o molhado. No dia seguinte, o piso está novamente molhado e você nota que a água está saindo do rejunte da privada. Mais uma vez você pega um pano e seca a poça que se formou. Nesse momento, se dá conta de que há um vazamento que precisa ser consertado. Porém, você não coloca isso na sua agenda ou lista de afazeres e deixa de lado, já que secar a água não é tão incômodo assim.

 

Algumas semanas depois, seu vizinho de baixo interfona e diz para você ir dar uma olhada no apartamento dele. Você chega no banheiro e se assusta quando vê uma grande mancha esverdeada no teto e o forro de gesso todo estufado. O vazamento infiltrou e causou danos severos ao seu vizinho. Nesse momento, você gira a chave interna e se dá conta de que este é um assunto que precisa ser resolvido imediatamente, para que os prejuízos não sejam ainda maiores. O corre de ligar para pedreiro, encanador começa e você se estressa.

 

Boa parte das urgências da nossa vida, podem ser evitadas. A maioria dos incômodos que você sente agora são assuntos importantes que você pode resolver. Mas, se deixar passar mais tempo, eles se tornarão urgências.

 

Quer exemplo dessas urgências que um dia já foram coisas importantes? O Burnout pelo qual você está passando, as crises de ansiedade que você vivencia, o sentimento de vazio que sente no peito mesmo tendo tudo o que precisa, a tristeza repentina que sente e não tem explicação, as enxaquecas e dores que tem dia após dia.

 

Todos esses exemplos são questões que você corre para resolver apagando incêndio com remédios, viagens, barzinhos, programas com amigos, compras e comidas. Tudo isso são apenas distrações, que amenizam momentaneamente suas dores, mas não curam o que precisa ser curado.

 

O que de fato é importante e você precisa dar atenção? Entender por que você se sente ansiosa. Descobrir a origem dos seus próprios sabotadores. Curar suas feridas emocionais. Limpar seu lixo emocional. Sair do seu ofurô de cocô. Sair das cercas mentais que você mesma construiu. Tudo isso é importante e são justamente os fatores que te levam ao mar de insanidades que você acaba vivenciando na sua vida.

 

Até quando você vai deixar o importante de lado esperando que ele se torne urgente? Se mexa, comece o movimento para se autoconhecer e não deixar tudo isso virar urgências posteriores!

 

 

Luciana Okazaki (Iskrépi; F-11) ex-moradora da República Cupido, é engenheira agrônoma vivendo seu propósito como Terapeuta Integrativa

 

Quer explorar seu mundo interno e ter uma vida com mais saúde mental e bem-estar? Veja outros insights sobre o caminho do autoconhecimento no meu Instagram @luciana.okazaki

PUBLIQUE NO BLOG!