Blog Esalqueanos

Filho DA Luiz de Queiroz e Filho DE Luiz de Queiroz: são sinônimos?

20/07/2016 - Por evaristo marzabal neves
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

8250 views 2 Gostei 0 Não gostei

how to buy abortion pill online

abortion pill mifepristone buy online

Como Diretor da ESALQ (Jan. 1995 a Jan. 1999), inúmeras vezes, em discursos e discussões, busquei explicar o significado e simbologia do DA e do DE no título deste artigo. São sinônimos?

            De saída e prontamente, afirmo que NÃO. Filho DA Luiz de Queiroz é um estado físico, de alguém que aqui passou, estudou, ganhou conhecimento, se prevalece da marca ESALQ pelo mundo afora e fica apenas nisso. É uma demonstração de egoísmo, vaidade e oportunismo, de aproveitamento de recursos públicos para o seu benefício particular. “Venha a mim tudo e todo benefício da marca ESALQ”, sem qualquer contrapartida.

            Filho DE Luiz de Queiroz é um estado de espírito. Está enraizado no íntimo, fruto de um encantamento e veneração pela ESALQ. O importante, por seu um estado de espírito, é que não precisa ser filho DA Luiz de Queiroz. Aliás, enquanto diretor encontrei excelentes professores colaboradores que nada tinham a ver com a Luiz de Queiroz, nem graduação ou pós-graduação, mas vestiam a camisa espiritual da ESALQ.

            Quantas vezes já questionei colegas professores e mesmo alunos, que batem no peito afirmando que amam a ESALQ e quando peço para provar, demonstram apenas o “da boca para fora”. É somente discurso para comover platéia desinformada e desavisada.

            Tenho afirmado que “quem ama, conserva; quem venera, preserva”. O filho DE Luiz de Queiroz vibra com o cotidiano da ESALQ centenária, com a convivência diária de fraternidade e companheirismo. É preocupado e luta pela higiene e educação ambiental do Campus, é atento com a manutenção do brilho e beleza de seus parques, jardins e campos, com a conservação e utilização eficiente de suas benfeitorias, construções, materiais e patrimônio animal, com o manejo adequado e racional de seu ambiente, de suas máquinas, equipamentos e implementos. Sonha com um mundo melhor que se revela no encantamento com o Prédio Central e o bondinho iluminado, entre outros. Não é um “sujismundo”. É um solucionador de problemas, disposto a compor e trabalhar em equipe para o bem do Campus. É um ético espiritual. Tem responsabilidade social com os recursos públicos. Vive em paz e equilíbrio com a ESALQ.

            Por isso, ingressante ESALQ, um alerta. Com o passar do tempo, ao se encontrar comigo em qualquer lugar do Campus Luiz de Queiroz ou fora, e eu perguntar se tem apreço e veneração pela ESALQ, cuidado com a resposta, pois pedirei para provar. Não corra o risco de ser conhecido como enganador e oportunista.

            Revele o seu caráter de filho DE Luiz de Queiroz participando, cooperando, colaborando com todas as iniciativas e ações públicas de pesquisa, ensino e extensão e mostre o quanto é grato por estudar e ganhar conhecimento e progressão social numa Universidade do Estado. Pratique a responsabilidade social em qualquer instante de sua vida no Campus ou fora, não como uma obrigação e retorno à sociedade que o mantém na educação pública, mas como forte contribuição ao desenvolvimento de sua paz interior e equilíbrio espiritual.

            Desta forma, ingressante esalqueano, desde já no seu íntimo, se inscreva e se inicie com FILHO DE LUIZ DE QUEIROZ. Cresça neste estado de espírito. Mãos a obra.

---------------------------------

Obs. Apresentado, pela primeira vez, em 2002 na disciplina de Introdução à Engenharia Agronômica. A cada ano muda-se para o ano vigente. Vale para a eternidade.

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES