Blog Esalqueanos

Faz uma semana.

07/11/2022 - Por jairo teixeira mendes abrahão
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

170 views 1 Gostei 0 Não gostei

 

Faz uma semana!

 

Há quem diga: “Fazem” sete dias. Credo!

Estes últimos meses foram meio bicudos. Com tudo que aconteceu. Muita agitação com o período eleitoral. Dona Sinhá dizia: “A velhice chega quando perdemos a capacidade de se indignar!” Sábia como era esse dito tornou-se Lei, para mim. Por isso sofri tanto, a ponto de me sentir como que anestesiado! Acompanhamos as apurações na casa de Débora e Teté, pois não temos mais televisão, nem mesmo para canais domésticos, desde alguns anos atrás. Nosso televisor só “pega” internete e Netflix. Já estou providenciando um “TV Box”, Inatel, homologado pela Embratel, portanto não é “Gatonet”, para ver a Copa do Mundo. Só preciso escolher o que ver: a bola ou o jogador, já que não consigo ver os dois ao mesmo tempo!

Voltemos à vaca fria, as eleições. “Só se aprende o que se procura, e só se procura o que se gosta”, palavras de um grande amigo que já se foi, Washington De Jorge. Às vezes não é bem assim. Em Política temos que saber tudo, goste-se ou não. Mas, hoje, a grande maioria das pessoas não age assim, procura o que se quer encontrar, ou seja, o que lhe é favorável! Por isso é tão difícil discutir-se Política, com ignorantes políticos, é claro! Há, também, aqueles que sabem bastante, mas se munem de antolhos e agem como robôs. São os piores! Indignei-me muitas vezes (põe muitas vezes aí!), até com amigos e parentes que não querem saber além daquilo que querem que seja verdade! Como não leio mais, fico na internete enquanto estou acordado (claro que é exagero!). Com a aproximação do pleito eleitoral fatos e não fatos inacreditáveis e, mesmo, aterrorizantes grassam com plantas daninhas em solo fértil na imprensa e nas redes sociais. Fui me intoxicando com isso de tal maneira que ao chegar o segundo turno estava saturado e, me comportei como se tivesse tomado uma “overdose” de anestésico! Embriagado, sei lá o que! Não tive emoção para torcer! A partir dos 55% dos votos para o candidato Presidente até a virada do ex Presidente e Vitória foi constante e lenta! Hoje faz uma semana e, ao acordar que me senti como renascido, com vontade de ir à praia, beber umas e outras ...!

 

De Porto Seguro, BA, em 06/11/2022.

Jairo Teixeira Mendes Abrahão. Professor Titular da ESALQ-USP.

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES