Blog Esalqueanos

Desenvolver uma cultura avaliativa (Uell F95)

05/05/2016 - Por cristina sette
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

3104 views 0 Gostei 0 Não gostei

Este blog é voltado principalmente para aqueles que trabalham em projetos de desenvolvimento, seja para ONGs, para projetos governamentais, ou mesmo em pesquisa e projetos de extensão universitária.

Já fazem alguns anos que trabalho na área de pesquisa agrícola internacional, principalmente nas áreas de capacitação, e recentemente em monitoramento e avaliação de projetos de desenvolvimento voltados para aprendizagem e não para prestação de contas (accountability). 

Me surpreendo com o despreparo dos profissionais recém formados e também profissionais já experientes, seja em pesquisa ou em desenvolvimento, trabalhando em orgãos públicos ou mesmo na iniciativa privada, quanto ao uso de ferramentas e metodologias avaliativas. Aqui não me refiro a avaliações propriamente ditas, com um processo rigoroso e usando metodologias qualitativas e quantitativas, mas simplesmente o uso de processos para monitorar e avaliar se um projeto está no caminho certo, e se algo deve ser modificado, adaptado, ou seguir seu curso como planejado. 

A quantidade de recursos desperdiçados pela falta de uma cultura avaliativa, com foco na qualidade do que se desenvolve e seu uso, é assustador. 

Mas como desenvolver uma cultura avaliativa?

O pensamento avaliativo é um processo de auto-avaliação e pensamento critico coletivo que ocorre periodicamente, testando suposições sobre os objetivos de um projeto, seus recursos, prazos e benefícios.

Entendo que quando trabalhamos em algo que nos dedicamos 100% e somo absorvidos pelas atividades cotidianas, é muito fácil nos esquecermos dos questionamentos. Um pensamento avaliativo é justamente a arte de fazer perguntas, de ser curioso, de valorizar e ter um compromisso com a qualidade de tudo que fazemos.

Estimular e incentivar esse tipo de atitude é o primeiro passo para se desenvolver uma cultura avaliativa. É fundamental que gerentes de projetos permitam que seus grupos de trabalho tenham um ambiente seguro para realizarem auto-critica, avaliarem periodicamente a implementação do projeto, e sugerirem alternativas na condução do projeto.

Um exemplo prático de questionamento em grupo quando um projeto já esta em andamento:

1.       Quais as principais características deste projeto?

·         Em grupo, faça uma analise SWOT (sigla em inglês para Forças/Robustez, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças) 


2.       Quais resultados já podem ser observados? Como estes resultados levam ao objetivo do projeto?

·         Use entrevistas com pessoas ligadas a implementação direta e indireta do projeto

·         Discuta eventos que ocorreram e podem interferir no resultado do projeto

·         Se atividades não estao sendo realizadas como planejado, faça um exercício dos cinco porquês/Five whys, um exercicio de questionamento em grupo. 


3.       Possuímos todo o conhecimento, e recursos, para desenvolver este projeto?

·         Faça um inventário sobre quem participa do projeto e que tipo de conhecimentos trazem .

·         Analise atentamente o orçamento/verba e qual a margem para possiveis gastos extra

·         Discuta quais atividades são prioridade e quais podem ser adaptadas se houver uma lacuna em conhecimento ou fundos, e suas consequências

 

4.       Quais os processos que temos atualmente que podem assegurar a qualidade do que será desenvolvido? 

·         Em grupo, desenvolver um set de padrões de qualidade a serem seguidos, e se possivel, inclua um grupo heterogênio, de diferentes disciplinas, com visões diferentes sobre o projeto e o que será produzido

Estes são alguns exemplos de pensamento avaliativo. Muitos outros podem ser usados, dependendo do tipo de projeto e contexto.

Estou a disposição para discutir o tema mais a fundo.

Abraço aos Esalqueanos.

Uell (Cristina Sette), F95

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES