Blog Esalqueanos

Causos do Dr Mauá - Reverência à Moda da Época

11/12/2015 - Por orlando lisboa de almeida
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

7303 views 0 Gostei 0 Não gostei

REVERÊNCIA À MODA DA ÉPOCA

     O “Maringá” Antonio Carlos Azevedo da Rocha foi nosso colega de turma.   Alto, meio polaco, óculos de sol, sempre com seu opalão branco indo e vindo da Esalq e nas aulas de educação física, caindo na piscina com direito ao registro de frequência.     Passou pela Esalq e lá fez muitos amigos.  

      Pois o Maringá é filho de outro Esalqueano de outra geração, graduado lá por 1950, contemporâneo do apucaranense Maciel, o mineiro de Ouro Fino, grande contador de causos.     O Pai do Maringá é o Doutor Annibal Bianchini da Rocha, natural de Santos e que construiu sua carreira de Engenheiro Agrônomo na Cia.Melhoramentos, que colonizou muitos municípios do Norte e Noroeste do Paraná, como Londrina, Maringá, Cianorte e Umuarama.

     Foi o Maciel, o esalqueano de boa prosa, que contou a versão do início do namoro do então acadêmico Annibal lá pelos anos 50.     Senão vejamos:    Precisamos imaginar como era o Brasil e seu interior naquela época, quando uma jovem não saia sozinha de casa.   Pois essa era a época na qual o Annibal acadêmico veio a conhecer de vista uma piracicabana que segundo consta era encantadora.    Ele logo ficou apaixonado, mas para tornar o amor platônico um amor de fato, ele tinha que arranjar uma oportunidade de “pedir a moça em namoro”.      E esse pedido pressupunha que de cara ele tinha que chegar nela, muito provavelmente em alguma ocasião na qual ela saísse junto com a mãe para ir à missa, por exemplo.

     Ele sempre que podia, arranjava um jeito de estar passando por onde passava a sua pretensa namorada, sempre acompanhada de alguém da família.    Um olhar de cá, outro de lá, e ia crescendo a paixão, até que um dia ele tomou toda a coragem que só o amor verdadeiro dá à pessoa e se postou em frente à filha, mãe do lado, um joelho no chão, um beijo na mão da moça, uma declaração de amor e um pedido de consentimento da mãe dela.   Isto tudo em público, na ocasião que surgiu.

     Essa prova de amor foi dada e correspondida.  Eles namoraram, se casaram, tiveram filhos e o amor já é de ouro, pois mais de 50 anos se passaram.   Vivem como pioneiros em Maringá, onde o Doutor Annibal é um ícone da Cidade Canção, esta com seu verde exuberante e um traçado urbanístico arrojado e belo.     Ele, que dentre outras atividades ajudou no Plano de arborização de Maringá é tratado na cidade como o “Jardineiro de Maringá” com toda a gratidão do povo.

     O Doutor Annibal é mais um de tantos esalqueanos que tão alto elevaram o nome da nossa Gloriosa Esalq ao longo dos tempos.

     Nossa gratidão, colega!

Orlando Lisboa de Almeida (Mauá ou Camarão F-76)  Engenheiro Agrônomo, Fez carreira no Banco do Brasil onde se aposentou, hoje é conselheiro suplente da câmara de agronomia do CREA do PR, conselheiro consultivo do Sindicato dos Engenheiros do PR - Nativo de coração, frequentava a Republica Kpinzar

Mauá é nosso colunista do Blog e tem seus "Causos" publicados toda Sexta Feira para você começar bem seu "Quase Final de Semana" 

Acesse o BLOG do Orlando - http://www.orlandolisboa.blogspot.com.br

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES