Blog Esalqueanos

A Nonna (Pinduca F68)

10/12/2015 - Por marcio joão scaléa
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

2918 views 0 Gostei 0 Não gostei

A NONNA

 

 

Era agosto de 1949. A Criança completara 3 anos e a primeira imagem gravou-se em sua consciência. Vivia há mais de mil dias, mas neste dia passava a ter vida consciente. Nascera para o mundo, agora o mundo nascia para ele.

 

Meio da tarde e o movimento era inusitado na casa da Rua Barra Funda em S.Paulo: parentes, conhecidos, desconhecidos, vizinhos, amigos, todos num entra e sai que era incomum para a Criança.

 

A atenção de todos era para com a Nonna, que estava deitada no meio da sala, numa cama diferente. Levaram-no para a cozinha quando o movimento aumentou, e ele lá ficou até que a curiosidade o levou de volta à sala, perto da janela que dava para a sacada e a rua. Andava entre os adultos, enormes, que se esforçavam para levar a cama da Nonna para a rua, através da janela.

 

O caixão da Nonna passando sobre sua cabeça foi a primeira imagem que a Criança teve gravada em sua mente.

Marcio Joao Scaléa (Pinduca F68) é Engenheiro Agrônomo ex morador da Republica Mosteiro

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES