Blog Esalqueanos

A Mama (Pinduca F68)

16/12/2015 - Por marcio joão scaléa
Atenção: Os textos e artigos reproduzidos nesta seção são de responsabilidade dos autores. O conteúdo publicado não reflete, necessariamente, a opinião da ADEALQ.

2910 views 0 Gostei 0 Não gostei

rescue inhaler names

over the counter asthma inhalers brands

 

Naquele tempo era comum as famílias, numerosas, se visitarem, principalmente em ocasiões especiais, e esta visita seria marcante para a Criança.

 

A casa onde viviam seus tios já era, em si, uma atração : o largo quintal, o pé de pitanga, a oficina mecânica ao fundo, a longa varanda da casa, o forte movimento da Alameda Santos na década de 50, tudo prometia um passeio memorável. A começar pela visão, impressionante, do Mergulhão, o barco que seu tio usava nas pescarias. A visita era para levar uma "lembrancinha" para o recém nascido, neto de seus tios.

 

A Criança nem entrou na casa, mal cumprimentou os tios e foi direto catar umas pitangas e em seguida "namorar" os carrões dos clientes de seu tio, renomado mecânico. Naquele lugar tudo parecia impregnado de história, de vida e de promessas, apesar da graxa e do forte cheiro de gasolina. Viria a saber anos mais tarde, que ali vivera a família Gattai...

 

Quando a criança procurou por seus pais, foi encontrá-los na copa da casa, ao redor da cadeira da prima, jovem senhora que amamentava.

 

A visão da mama que era oferecida ao recém nascido nunca mais o abandonou.

Marcio Joao Scaléa (Pinduca F68) é Engenheiro Agrônomo ex morador da Republica Mosteiro

PUBLIQUE NO BLOG!
PUBLICIDADE
APOIADORES